Todos podem empreender realmente no Brasil?

Aliança Empreendedora, com o lema “todos nós podemos empreender”, é uma referência no Brasil para os empreendedores com menos recursos, contribuindo para a expansão de seus conhecimentos, criando uma rede de contatos ou assegurando sobre como aceder aos mercados e ao crédito.

Em um país onde cerca de 27% da população adulta gerencia seu próprio negócio, esta soma de forças permite que muitos microemprendedores realizar seu sonho, ao mesmo tempo em que promove a inclusão socioeconômica e torna possível que a economia seja um lugar para todos.

Aliança Empreendedora existe desde 2002, mas sua trajetória oficial como organização inicia em 2005. A diretora de Gestão do Conhecimento, Caroline Appel, explica como a Aliança foi fundada por um grupo de jovens universitários provenientes das chamadas “empresas juniores”, iniciativas surgidas em um contexto puramente estudantil, e gerenciada por estudantes universitários. Essas empresas cheias de seiva nova, já trabalhavam com pessoas de baixa renda na cidade de Curitiba.

A aventura não estava lá: Não queriam ir parar multinacionais porque entendiam que assim morreria seu espírito empreendedor. Queriam manter-se na linha que haviam marcado com suas empresas.Os esforços destes estudantes vestem-se principalmente aos empreendedores individuais, pessoas que levavam um pequeno negócio, às vezes sozinhas, às vezes com outro parceiro. Mais tarde, começaram também a trabalhar com grupos de cooperativas e associações de produção, principalmente, alimentos, artesanato e artigos de moda.

Este é o balanço dos dez anos de existência da Aliança com suas metodologias exportáveis para outros lugares; algumas pensados para os empreendedores individuais, outras metodologias destinadas a grupos produtivos e outras mais específicas aplicadas a negócios de recolha e reciclagem de materiais (os chamados cartoneros no Brasil).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *